segunda-feira, 18 de abril de 2011

  O equilíbrio

  A menos que esteja escrito na embalagem ou você tenha um super dom de saber o peso exato das coisas, fica difícil balancear as situações na nossa vida, para não tombarmos demais para um lado ou para o outro. Se a situação ainda for algo novo, vixe, haja intuição, flexibilidade e postura!



"Eu queria era dizer diferente
Aquilo que todo mundo sente
Mas não consegue expressar

Meu trapézio balançando lento
Preso bem lá no firmamento
E eu tentando me equilibrar"
(Trapézio - Pitty)



  E tratando-se de algo novo, não me culpo se descobrir o equilíbrio por ter perdido um pouco dele - momentaneamente. Afinal, é preciso conhecer o peso do oposto para saber de quanto precisamos para balancear nossa vida. É preciso de conhecer a si mesmo, respirar fundo e achar o ponto de equilíbrio para andar na corda bamba. Equilíbrio, em alguns casos, também exige movimento.



"Viver é como andar de bicicleta:
É preciso estar em constante movimento
para manter o equilíbrio."
(Albert Einstein)


   O ponto de encontro entre a razão e a emoção. O ponto de encontro. O ponto. O essencial. É disso que precisamos para ficarmos a salvos, sem risco de se espatifar no chão? Riscos não acabam - pelo menos não enquanto nosso coração bater. Viver é um risco, existir nem tanto. E quando éramos pequenos, nós arriscávamos mais - com menos medo. Éramos mais desequilibrados (vai dizer que não?). Mas precisávamos ser assim para sermos crianças. Hoje em dia, com quase 21, a vida me exige outras coisas e nós, nos transformamos em outras coisas... com um emprego, responsabilidades, amigos e paixões. Não dá para, simplesmente, largar tudo e ver sessão da tarde no sofá. Hoje, precisamos de tudo que fomos, somos e até as coisas que negamos ser para nos equilibrar. Pra chegar no final do dia e dizer: eu dou conta! É preciso equilibrio minha gente, muito equilibrio para encaixar a nossa felicidade dentro do bom senso. Para aprender com o novo, fazer escolhas e ir atrás de tudo que ainda nos falta.

*

3 comentários:

Tainã Almeida disse...

Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos periodos mais marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso? ( sinopse)
Acessa o meu blog?

http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

Se gostar segue lá, ficarei muito feliz,
Tenha uma ótima semana, desde já obrigada!

Bianca Sousa disse...

e olha que vc nem é de libra, hein?! rs

como tal, eu gosto de equilibrio e tento a todo custo me manter na corda bamba. já cai muuuitas vezes. mas muitas outras recuperei meu equilibrio e fiz melhor.

faz parte de viver, realmente.

ótimo post. como sempre, adorei.

Bianca Sousa disse...

e olha que vc nem é de libra, hein?! rs

como tal, eu gosto de equilibrio e tento a todo custo me manter na corda bamba. já cai muuuitas vezes. mas muitas outras recuperei meu equilibrio e fiz melhor.

faz parte de viver, realmente.

ótimo post. como sempre, adorei.