segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Um longo caminho...

"Você não sabe se você está indo ou vindo.
Mas, você acha que está no seu caminho"
 (Mirror - Lil'Wayne)

Ás vezes eu sinto sua falta. Seu jeito de tentar me animar em dias como hoje, em que nada parece se acertar. Algumas coisas mudaram e outras continuam iguais ainda sem uma solução. Ás vezes eu me sinto desarmada, caindo nas armadilhas da vida. Com as pernas cansadas e as mãos arranhadas. Você pode achar que é apenas um drama qualquer, mas tanta coisa aconteceu esse ano que eu nem sei mais como reagir. Então eu sorrio e digo que tudo vai ficar bem. Eu apenas estou aqui. Por um momento eu quero gritar. Será que você iria me escutar? Por um momento eu quero chorar, sentada, olhando pela janela, vendo a cidade passar por mim, mas de repente surgem tantas pessoas que a vontade passa. Se você estivesse aqui, eu me esconderia nos seus braços e tudo passaria mais depressa. Eu dormiria e no outro dia, tudo estaria bem melhor. Mas você não está e eu não te traria de volta. Eu não tenho tantos poderes. Eu não posso mudar decisões que não são minhas (ás vezes nem as minhas), então eu sigo em frente torcendo para que fassemos as escolhas certas.  Eu fico torcendo para que chegue logo a nossa vez. É um logo caminho, você já sentiu isso? É sempre um longo caminho. Você ainda sabe para onde está indo? Porque hoje eu me senti perdida no meio do meu dia, tentando encontrar o caminho de volta. Ás 17h30 eu voltei para casa. Vi minha imagem distorcida no vidro do metrô e eu quase não me reconheci ali. Tudo parecia estranho. É sempre um longo caminho e eu estou tentando encontrar maneiras de seguir para onde quero chegar.


*

Um comentário:

Douglas Ianitsky disse...

Deixar para trás um pedaço do coração é triste, muito triste.
Alguns te dizem: que se foda.
Alguns te dizem: esqueça.
Alguns te dizem: foi o melhor.
Alguns não dizem nada, mas demonstram com o olhar.
De qualquer forma, o coração é seu. Os sentimentos são seus. As decisões são suas.
E se não for fácil esquecer. É porquê valeu a pena. Não importa o que digam, não importa o quanto te acham idiota por ainda sentir falta.

Gostei do seu texto. Gostei dos seus sentimentos. Da forma que se expressa. Parabéns.